SEJA BEM-VINDO

Se você está acessando meu blog é porque quer informação, e principalmente sobre Bento Gonçalves. Então seja bem-vindo e desfrute das informações que você só encontrará aqui.







Pesquisar este blog

quinta-feira, 10 de abril de 2014

A REFORMA POLÍTICA-ADMINISTRATIVA MUNICIPAL

Foi anunciada ontem a exoneração de Cesar Gabardo  como Secretário Municipal de Governo. Parece que o alarde e as especulações, principalmente as exageradas, em torno de tal ato, estão para além da realidade. Aliás, aqui em nossa cidade, como se tem feito alardes despropositados em torno de questões adminstrativas e políticas que são fruto e essência da própria prática política-administrativa. No meu sentir trata-se de um momento de transição em que PP e PMDB estão, após o fim do primeiro ano da nova administração, revendo algumas situações que visam, pelo evidente, a permanência da harmonia e da sempre perseguida qualificação na gestão. Tudo legítimo, inclusive se tanto esta modificação quanto qualquer outra, que parece que será promovida e anunciada pelo Prefeito Guilherme Pasin em alguns dias, tenha como motivo algum componente estrutural-funcional que ele entende conveniente. Ora, na política, na administração pública, como em qualquer outro setor da vida, as pessoas têm que se relacionar e se conhecer, sendo fruto da interação das relações o evoluir deste relacionamento e seu eterno conhecer. Não tenho dúvida de que o agora ex-Secretário, Dr. Cesar Gabardo, contribuiu muito para com o Prefeito Pasin em torno da realização de ações e tomada de decisões. Tanto que, como dito em entrevista pelo próprio Prefeito, Cesar Gabardo foi convidado para assumir outra secretaria e não para simplesmente deixar a administração. Enfim, ao meu sentir, essa e as outras modificações que estão sendo tratadas entre os dois partidos e o Prefeito não passam dos naturais e às vezes necessários ajustes na condução política-administrativa de qualquer ente  público, o que deve passar, necessariamente (e por isso ainda mais respeitado) crivo, deliberação e motivações do Sr. Prefeito. Afinal, é ele o timoneiro político e administrativo de sua gestão e, é claro, é só dele que a população cobra e irá cobrar em relação ao que foi feito ou deixado de fazer em seu governo. O resto é conversa para vender jornal ou para as velhas e novas intrigas políticas de cunho eleitoreiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário