SEJA BEM-VINDO

Se você está acessando meu blog é porque quer informação, e principalmente sobre Bento Gonçalves. Então seja bem-vindo e desfrute das informações que você só encontrará aqui.







Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

UMA IMAGEM, UM GESTO, UMA MENSAGEM

Os gesto, o olhar, a postura, tudo isso faz parte da linguagem e da comunicação e, portanto, da mensagem que se quer passar. Os três clássicos macaquinhos, onde um tapa a boca, o outro os ouvidos e o outro os olhos são emblemátidos: eles dizem muito sem falar e, por isso, nos fazem refletir, muito mais do que muitas palavras. Essas, talvez por serem um dom exlusivo dos seres humanos e delas alguns tanto abusar levianamente, fazem com que com seu uso excessivo se esqueçam alguns o quanto se pode ser ofensivo mesmo sem elas. Outros, talvez por saberem exatamente disso e usarem muito e na maioria das vezes muito mal as palavras, abusam dos gestos, consciente ou inconscientemente. Exatamente como os três emblemáticos macaquinhos se comunicam, uns e outros, mas não como aqueles que com sua postura filosofam. Uns e outros, para ficar no exemplo dos macaquinhos, preferem a linguagem dos bugius, por exemplo. Fiquei olhando as imagens que reproduzo aqui. Muitos possivelmente já as viram já que, como se sabe, as sessões da nossa Câmara de Vereadores são transmitidas ao vivo. Mas estas imagens aqui reproduzidas não bastam ser olhadas, elas tem que ser vistas e, assim, analisadas. Analisadas primeiramente por nós, cidadãos; depois, pelo Presidente da Casa Legislativa; depois, pelos vereadores em geral; e, quiçá, logo mais adiante e oportunamente, por uma comissão(zinha ou não), para ver o que se faz delas e com elas. De minha parte, as compartilho aqui para a seguinte reflexão: o que será que o Vereador Moacir Camerini quis dizer, que mensagem quis passar, seja aos seus colegas de partido para quem olhou, seja para todos nós, os cidadãos, daqui ou de acolá, ao fazer o gesto que fez, às costas de alguns Vereadores, em especial do Vereador Ce Paris, aos 2:02 minutos da gravação. Um gesto que pode ser assim descrito: com os dois braços postados à frente do corpo, lança-os imediatamente e ao mesmo tempo, com energia e um sorriso nos lábios, para trás. Um gesto daqueles que, na minha visão, se vê muito por aí, nos caminhos da vida, entre desafetos e/ou bebuns, onde quem o faz simplesmente manda uma mensagem: f....
O que teria querido dizer aquele vereador? Da forma como vejo, depois disso, a única solução é tirar as crianças da sala durantes as sessões da Casa Lestialtiva.


Nenhum comentário:

Postar um comentário