SEJA BEM-VINDO

Se você está acessando meu blog é porque quer informação, e principalmente sobre Bento Gonçalves. Então seja bem-vindo e desfrute das informações que você só encontrará aqui.







Pesquisar este blog

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

MAIS UMA PT?

Duas semanas atrás a comunidade foi surpreendida com a publicação nos jornais locais de uma "Nota de Repúdio" em que a mesma afirmava que o Vereador Enio De Paris (PP) teria agido com "atos de violência física e verbal" contra o Vereador Camerini (PT) e seu assessor, Denis Alex de Olivera. Segundo a nota, isso teria ocorrido no dia 16/1/14, nas dependências da Câmara de Vereadores. A "nota" ainda afirmava que o Vereador De Paris teria agido com "desacato". Ela, com tais graves acusações, qu eobviamente expuseram a figura do Vereador De Paris a um julgamento público certamente desmesurado, está assinada por dois seres amorfos que, apesar disso, tem em sua formação seres não amorfos: o "PT -Partido dos Trabalhadores"; e, a "Bancada do PT na Câmara Municipal". Mas não é que, de repente, um dos "assinantes-autores" daquela nota se diz não ter assinado-autorizado? Pois é, notificados um a um os membros (os 4 vereadores) da "Bancada do PT na Câmara Municipal" para as possíveis e futuras responsabilizações, mas não é que TODOS NEGAM ter autorizado a publicação de dita nota! Que intrigante comportamento. Mas então, se alguém usou o nome deles (como "bancada") em uma nota pública (e tão grave), por que não foram imediatamente aos meios de comunicação para dizer isso? Teria a atual Presidente do PT local assumido a responsabilidade sozinha por tal nota? E se fez isso, por que então, "indevidamente" (já que sem autorização dos membros da Bancada petista, como eles agora afirmam), teria colocado a responsabilidade também naquela turma? Pois é, é por estas e outras que definitivamente fica difícil (senão impossível) de levar a sério o que é construído por algumas "forças" políticas, quanto mais quando se trata, como já se sabe, da turma petista e, agora, mais raivosa do que nunca, depois de ter perdido o poder executivo local. Fico aqui me perguntando: não seria o caso da "Bancada do PT" pedir desculpas públicas ao Vereador Enio De Paris, ainda hoje, dia da primeira sessão legislativa? Vamos aguardar agora as notícias sobre a resposta que ainda não chegou da Presidente do PT local sobre a autoria da malfadada nota de repúdio. O mais engraçado seria ver, com ela, a mesma resposta da bancada: "eu não autorizei nada". Mas aí, quem seria o pai da criança gestada e parida no berro e no grito? O Pinóquio?

Um comentário: