SEJA BEM-VINDO

Se você está acessando meu blog é porque quer informação, e principalmente sobre Bento Gonçalves. Então seja bem-vindo e desfrute das informações que você só encontrará aqui.







Pesquisar este blog

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

CONCURSO DA DISCÓRDIA

Os recentes concursos públicos municipais já deram muito o que falar. Algumas situações, inclusive, devem dar o que investigar. A mais recente notícia de uma situação bastante estranha no chamamento para os aprovados tomarem posse diz respeito ao concurso para Auxiliar de Educação Infantil, relativo ao edital nº 001. Segundo o edital, para preencher este cargo, era preciso ter o "ensino médio completo e o curso de, no mínimo, 120hs de capacitação na área". Ocorre que estão chamando os aprovados e, para alguns, o tal de curso de capacitação de 120hs não está sendo exigido. Para alguns, de repente, por critério de no mínimo duvidosa legalidade, está sendo aceito pela administração os cursos de "Pedagogia" e "Magistério". Mas afinal, era ou não preciso o "curso de capacitação de 120hs"?. Se não era, por que exigiram no edital? Se era e poderia ser substituído por ter o candidato outra diplomação, por que não está no edital? Se pode ser aquela exigência substituída por outra gradução-diplomação, por que, de repente, em critério de "gabinete", agora, só o de Pedagogia e Magistério? Acho que a Prefeitura está se enfiando em outra enrrascada, mas isso depende da iniciativa dos candidatos aprovados e que não estão tendo sua contratação confirmada por agora não terem o "curso de 120hs", ou "Magistério" ou "Pedagogia". Enquanto isso, os que foram aprovados, foram informados para fazer e estão fazendo o "curso de 120hs" para poderem ser contratados estão tendo sua nomeação passada para trás. A consequência e os motivos de tudo isso deverão ser conhecidas logo aí na frente.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

CHIQUEIRINHOS?

Na sessão extraordinária do dia 19/1 na Câmara de Vereadores, a Vereadora Neilene Lunelli, que dispensa apresentações aqui, ao se manifestar sobre o Projeto de Lei da concessão do transporte coletivo em nossa cidade, falou que a nova previsão, que passaria prever seis pessoas por metro quadrado para viagens em pé, evitaria os atuais "chiqueirinhos", referindo-se, é evidente, a como o transporte coletivo é tratado nos dias atuais. A afirmação é infeliz por dois motivos óbvios: primeiro, agride gratuitamente as duas empresas que vêm tentando prestar um bom serviço; segundo, impõe uma óbvia desconfiança sobre aqueles que estão à frente do futuro processo licitatório para concessão do serviço, o que deverá ocorrer em mais alguns dias. Nada disso, é claro, serve para a harmonia de um processo que já está dando muito o que falar. Imagina chamando, por tabela, as empresas de donas de chiqueiro e os usuários daquilo que se pode imaginar.

MAIS LEI DESCUMPRIDA: AGORA A DOS TAXIS

Parece que a administração Lunelli faz um esforço terrível para descumprir leis. A última, como mostrei aqui na semana passada, foi a da área azul, que está sendo ampliada fora da lei municipal. Agora, fico sabendo que mais uma é rasgada, a dos taxistas. Com as obras da Via Del Vino e a futura duas vias que aí existirá, o ponto de táxi ali localizado deve deixar o locar. Os taxistas foram informados na semana passada. Até aí não há problema. O problema está no fato de que a administração não quer cumprir o art. 34 e 35, inciso IV, da Lei Municipal nº 4.758, de 30/11/2009, que determinam que a "fixação, alteração ou supressão de pontos de estacionamento de táxias, bem como a distribuição ou redistribuição dos veículos lotados nos mesmos" devem ser antecididos pela ouvida do sindicado da categoria e, principalmente, que "na redistribuição de pontos" deverá ser dada preferência para os mais antigos. Simplesmente estão fazendo o que querem, de cima para baixo, não ouvindo ninguém e não atendendo a ordem de preferência. E olha, assim como na lei descuprida da área azul, que esta também foi feita por iniciativa do próprio governo Lunelli. Imagina de tivesse sido feita em governos anteriores!

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

SE ALGUÉM QUISER EXPLICAR, EXPLIQUE!

Transcrevo mais uma mensagem de um cidadão atento e preocupado com as coisas da cidade. Ela fala por si. Se alguém da administração quiser dar alguma explicação é sé me mandar que eu posto aqui. Até lá...
"Bom dia Dr. Adroaldo!
Tem muitas coisas que não conheço, não sei, não entendo. Uma delas diz respeito a nova forma de expedição das Certidões Negativas pela Prefeitura Municipal.
Explico: Até pouco tempo, a Prefeitura tinha um sistema que, quando o contribuinte necessitava de uma certidão negativa de débitos, a mesma era expedida em uma única folha e via internet (após o devido cadastro, obtenção de senha, claro).
Pois bem, mudaram o sistema, e agora para conseguir a mesma certidão negativa de débitos, não existe a possibilidade de ser via internet. A certidão é expedida diretamente na secretaria, assinada manualmente. (Se continuar assim, daqui a pouco será datiolografada ou manuscrita, vai saber);
Mas o que mais me deixa indignado é que como contribuinte, estou pagando por uma coisa que não precisa e ao meu ver, não está correto, senão vejamos:
A certidão agora contempla todos os imóveis que estão em nome do proprietário e, ao invés de ser expedida em uma única via, Negativa e/ou Positiva de Débitos, independente do número de imóveis, é expedida informando todos os imóveis que estão cadastrados em nome do interessado.
Então, uma construtora/loteadora pretende regularizar uma obra aqui em Bento Gonçalves e se dirige ao Registro de Imóveis, que, com base na legislação federal (Lei 4591/64, Art. 32, letra b e/ou 6766/79, art. 18, III, a) exige, entre vários documentos, as certidões negativas de impostos municipais em nome do incorporador e imóvel. Tais certidões também seão exigidas pelos Tabelionatos.
A interessada então apresenta uma certidão, ou melhor, uma não, seis (seis) certidões, relacionando os imóveis em cada uma (datada e assinada ao final de cada folha), e todas negativas. (Estou analisando um processo de uma obra) Porque não poderia ser expedida em uma unica via a situação da empresa, pois ao meu ver era bem mais barato e simples. Quem vai pagar esse custo?
Outro detalhe, as folhas como não são numeradas (não diz 1/6; 2/6, 3/6.... 6/6), o que me garante que uma ou mais das certidões, existam débitos e a empresa suprimiu essa certidão? Ou seja, não transmite a devida segurança.
Claro, que trabalhamos com o Princípio da Boa Fé, mas sabemos que em todos os locais existem os que tentam burlar a legislação. Varias vezes recebemos certidões "montadas", que ao tentarmos verificar sua autenticidade junto ao site por exemplo da Receita, somos informados que tal certidão "não existe".
Finalmente, de onde deveria haver uma preocupação com o MEIO AMBIENTE, o exemplo que temos é o contrário, pois, ao invés de economia, vejo desperdício.
Sinto uma mistura de revolta, indignação, impotência, frente a tamanha falta de preparo, capacitação, e porque não, responsabilidade com o Meio Ambiente e respeito com o cidadão.
Forte Abraço."

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

ADMINISTRAÇÃO LUNELLI, UM DELÍRIO

Se o biólogo britânico, Richard Dawkins, autor do livro "Deus, um delírio", tivesse vivido em Bento Gonçalves nos últimos três anos, provalmente já teria escrito um livro intitulado "Prefeito Lunelli, um delírio". Mas mesmo sem aquele famoso escritor, certamente alguém por aqui mesmo seria capaz de escrever tal obra, diante do farto material delirante com que somos "brindados" semana após semana. Agora, então, iniciado o ano eleitoral, a coisa está ficando cada vez teatral, campo próprio para os devaneios. Pois o mesmo Prefeito que já nos brindou, nos últimos 7 meses, com uma enchurrada de nada menos do que 344.000 (trezentos e quarenta e quatro mil) jornalzinhos informativos da "Bento mais feliz", não pára de se superar também nos jornais locais. Além dos jornaizinhos e da mídia oficial (com o que o Prefeito gastou R$ 1.500.000,00 em 2011), é através das matérias plantadas neles em forma de notícia que nos chega mais encenação. Mais um estarrecedor exemplo são as duas matérias publicadas no Jornal Semanário de quarta-feira (25/1), onde se encontra as "notícias" de que "Bento pode ter até três novas estações férreas" e a de que será lançado "edital de revitalização" do bairro municipal, com investimentos "de mais de R$ 11 milhões", cujas obras "podem começar em abril". Até junho próximo, quando o Prefeito Lunelli deverá ser oficializado candidato à reeleição, teremos que conviver com este mundo imaginário, fantasioso e delirante que, estou certo, será acompanhado, aqui e ali, inclusive com o lançamentos de editais que podem ser logo depois anulados. Fiquei imaginando a manchete da próxima semana: "Bento poderá ter três viadutos na Treze de Maio". Afinal, eles já foram colocados no papel pelo Prefeito Lunelli como projetos, o que duvido que muitos lembrem. Então, o que custa, como tantas obras-papel da cidade dos mega-projetos, anunciar no ano eleitoral também mais isso? É o mundo delirante da fantasia, cujos objetivos são bem conhecidos dos eleitores, protagoniza por uma administração que não consegue se livrar de uma megalomania jamais vista. Pelo menos se fossem mesmo construir um hospital eu iria sugerir a inclusão de uma ala psiquiátrica para se tentar descobrir o que move algumas mentes por trás disso, mas como nem isso vão fazer, nem isso vamos poder descobrir.

COISAS PARA RIR E CHORAR

Coisa um: Ontem um trator da Prefeitura, a mando da chefia, simplesmente ingressou numa área privada e alargou passagens, movimentou terra, derrubou vegetação e tudo mais, SEM AUTORIZAÇÃO do proprietário que, ao chegar nas terras e ver isso, simplesmente não acreditou no que estava acontecendo. Segundo o tratorista, a chefia o mando lá para preparar a área para ceder a um grupo que iria fazer uma promoção de "som" no local. Mas como a Prefeitura vai mexer e ceder em área privada sem autorização do proprietário? O assunto vai terminar na delegacia e em indenização. Coisa dois: segunda-feira uma pessoa foi na Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ind. e Comomérico para ter orientação sobre abertura-funcionamento de uma micro empresa. No meio do atendimento a atendente levanta e avisa para a pessoa esperar 15 minutos que ela iria parar o atendimento para fazer seu lanche. A pessoa revoltada tem um acesso de irritação, vira a mesa, a segurança é chamada, o assessor de imprensa se mete e chama a Brigada Militar que comparece ao local. Aí ligam para o Secretário da pasta e, no fim, cada um sai para seu lado. Mais uma para terminar no novo anedotário-trágico político-administrativo local e na delegacia e, quiçá, em indenização. Onde é que fomos (ou ainda vamos) parar por aqui na nossa querida cidade?

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

PARA OS MOTORISTAS

Depois que escrevi aqui ontem sobre a ilegalidade que está em andamento na área azul, com sua recente ampliação sem lei específica, algumas pessoas andaram me perguntando, aonde, afinal, seria a parte legal. Pois então aí vão os trechos em que há legalidade na cobrança. Todas as cobranças e novas pinturas de área azul fora das ruas-trechos que relaciono a seguir, enquanto não hover uma nova lei específica e depois de ouvida a comunidade, é ilegal.

Art. 1º (do Decreto nº 6855, de 15/6/2009): As vias públicas atingidas pelo Estacionamento Rotativo Pago são as seguintes:
I - Rua Marechal Floriano: trecho entre as Ruas Benjamin Constant e Saldanha Marinho;
II - Rua Marechal Deodoro: trecho entre as Ruas Dr. Antunes e Gomes Carneiro;
III - Travessa Maceió: trecho entre as Ruas Marechal Floriano e Barão do Rio Branco;
IV - Rua Félix da Cunha: trecho entre a Rua Marechal Floriano e Av. Dr. Casagrande;
V - Rua General Osório: trecho entre as Ruas Marechal Floriano e 13 de Maio;
VI - Rua Saldanha Marinho: trecho entre a Av. Dr. Casagrande e a Rua 13 de Maio;
VII - Rua Dr. Antunes: trecho entre as Ruas Marechal Deodoro e Barão do Rio Branco;
VIII - Rua Cândido Costa: trecho entre a Rua Marechal Deodoro e a Av. Dr. Casagrande;
IX - Rua Dr. Montaury: trecho entre as Ruas Marechal Deodoro e Barão do Rio Branco;
X - Rua Júlio de Castilhos: trecho entre as Ruas Marechal Deodoro e Cav. Horácio Mônaco;
XI - Rua Ramiro Barcelos: trecho entre as Ruas Assis Brasil e General Osório;
XII - Rua José Mário Mônaco: trecho entre as Ruas General Osório e Assis Brasil;
XIII - Rua Barão do Rio Branco: trecho entre a Travessa Maceió e a Rua General Gomes Carneiro;
XIV - Av. Dr. Casagrande: trecho entre as Ruas Cândido Costa e Benjamin Constant;
XV - Rua General Gomes Carneiro: trecho entre a Rua Marechal Deodoro e a Travessa Peribebuí;
XVI - Rua Assis Brasil: trecho entre as Ruas Marechal Deodoro e 13 de Maio;
XVII - Rua 13 de Maio: no trecho entre a Rua Assis Brasil e a Rua General Osório;
XVIII - Rua Cavalheiro Horácio Mônaco: em toda a sua extensão;
XIX - Rua Benjamin Constant: trecho entre as Ruas Marechal Floriano e Dr. Casagrande;
XX - Via Del Vino: em toda a sua extensão.

COMPANHEIRO AUDITANDO COMPANHEIRO?

O Prefeito Lunelli, como divulguei aqui, acaba de contratar a firma individual Edson Marchioro Arquitetura, Urbanismo e Engenharia S/S, de Caxias do Sul, para "AUDITAGEM NO IPURB". Uma pesquisa rápida dá conta de que sua excelência, o Prefeito Lunelli, acaba de contratar, na verdade, é um baita de um companheirão. É que o arquiteto Edson Marchioro está filiado ao PT caxiense desde 27/10/1994, sendo sua ficha de filiação a de nº 333. E mais, aquele companheiro petista de Lunelli teve grande participação nos governos petistas de Caxias do Sul, tendo preenchido os seguintes cargos nos dois governos Pepe Vargas, entre 1997 e 2005: Secretário Municipal entre 1987/1988; Coordenados de Gabinete da Administraç~eo em 1997; Secretário Municipal de Planejamento entre 1998/2000; Secretário Municipal de Transportes entre 2002/2004. Ora, certamente este profissional deve ter muita capacidade, ainda mais agora, fora do serviço público, no comando de sua empresa. Mas convenhamos, Prefeito Lunelli, o senhor não acha que qualquer resultado da auditoria estará contaminado pelo virus do companheirismo? E de tão surreal, nem vou dizer o resto!

UMA IMAGEM, MIL PALAVRAS

Esta imagem foi divulgada pelo amigo Miguel Ehlert em seu facebook. Com autorização dele estou reproduzindo aqui. Alguém tem alguma dúvida de quem vai pagar esta conta?

AUDITAGEM NO IPURB

Como temos um Prefeito que disse que para saber o que estava acontecendo no IPURB precisava fazer uma auditoria, inclusive em relação a seu próprio governo, aí está o quanto isso vai custar aos cidadãos: R$ 60.900,00. A vencedora da concorrência por carta-convite é a empresa Edson Marchioro Arquitetura, Urbanismo e Engenharia S/S, que deverá fazer a "auditagem técnica no IPURB". Aliás, a mesma empresa que por R$ 75.800,00 vai "prestar serviço de assessoria técnica no Transporte Coletivo Urbano", seja lá o que isso signifique agora. Resta então aguarda, e bem atentos, pelo resultado da "auditoria" que deverá ser divulgada pelo Prefeito logo aí na frente. Não vejo a hora de chegar o dia de vermos o resultado.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

ÁREA AZUL: ILEGALIDADE EM ANDAMENTO

Este ano de 2012 iniciou com a ampliação da área azul. Um exemplo é o da Rua Estefânia Pasquali, nos fundos do Colégio Medianeira, que foi pintada em aproximadamente 50% de sua extensão para o início da cobrança. Ocorre que não se tem notícia de que o Executivo municipal tenha cumprido os requisitos legais para as ampliações em andamento. Explico: é que desde agosto de 2009, conforme previsto pela Lei Municipal nº 4.651, não pode ser apliada a área azul sem que, ANTES, seja "consultada a comunidade das áreas atingidas", bem como que, após isso, a ampliação seja aprovada por lei, ou seja, tenha a aprovação da Câmara de Vereadores. Então a pergunta: como o Executivo e o DMT vêm pintando/autorizando a ampliação da área concedida sem o cumprimento da lei? Afinal, não se tem notícia de que as "comunidades" atingidas pela ampliação tenham sido consultadas e muito menos que alguma lei tenha sido aprovada para isso. Os únicos trechos que podem ser explorados pelo estacionamento rotativo sem o preenchimento daqueles dois requisitos (autorização da comunidade e lei municipal autorizativa)são aqueles previstos no decreto nº6.844, de 15 de junho de 2009, época em que a legislação municipal ainda permitia o aumento (sem ouvir a comunidade e lei específica) ou redução das áreas azuis exclusivamente por vontade e decreto do Prefeito. Isso é grave porque o Executivo está permitindo que a empresa passe a explorar áreas sem autorização legal e está dando abrigo para que dos usuários seja exigido valor indevido. O assunto é grave e se espera que o Prefeito, imediatamente, mande pintar de branco onde está agora ilegalmente o azul, assim considerados todos os trechos-ruas que não estejam relacionadas no Decreto nº 6.844. E podem começar pela Rua Estefânia Pasquali, que essa não está lá!

domingo, 22 de janeiro de 2012

QUE MARRRRAVILHA!

O motivo era a "Festa da Vindima". O local foi a "Casa das Artes". O público, 300 convidados. A atividade, a apresentação de um aula-show de dois pratos culinários (dentre eles, um de peixe com banana). O cozinheiro, o Chef francês Claude Troisgros, conhecido por apresentar seu programa na GNT e usar a expressão "que marrrravilha". O valor pago e não divulgado pela Prefeitura: R$ 23.650,00. Sinceramente, respeitando as opiniões em contrário, não consigo ver como uma aula-show de cozinha francesa, e realizada às portas fechadas na Casa das Artes numa quinta-feira à noite, se encaixa na programação da Festa da Vindima. Mas vá lá, cada um com seus conceitos. Mas fico imaginando: será que com esse valor não daria para ter contratado alguns "shows" para encantar os turistas lá no lugar aonde se dá a vindima, que são embaixo dos parreirais e nas cantinas? (ou em coisas deste tipo?)

MAIS SISTEMAS

Muita gente tinha pensado que com a contratação milionária da empresa para mudanças de sistemas no ano passado tudo estava comtemplado neste particular. Parece que não. Mais uma contratação, agora da empresa Senior Sistemas S/A, para "atender as necessidades da Prefeitura Municipal nos sistemas e gestão, sendo: atendimento, suporte técnico, evolução tecnológica e aquisição futura de soluções complementares". O valor será pago por etapas: 1º R$ 42.848,14; 2º R$ 47.283,69 e na 3º$ 85.560,47. Tomara que estes sistemas sirvam para alguma coisa concreta e valham para muitos anos.

MAIS UMA CONSULTORIA

De todas as contratações de consultoria da atual administração municipal (e olha que não foram poucas), esta feita agora deve ser uma das mais curiosas: da INFISC Inteligência em Tecnologia Ltda. Objeto: "serviço técnico de consultoria especializada para realizar a revisão e atualização da Legislação Tributária do Município". Valor: R$ 74.400,00.

SEMANA FARROUPILHA JÁ COMEÇOU

Estamos há 8 meses da semana farroupilha 2012. Mas a Casa das Artes já garantiu os artistas para as festividades. Já contratou:

Rogério de A. Melo, por R$ 8.000,00
Afonso M. Greco, por R$ 3.500,00
JLN Martins, por R$ 5.500,00
Cenci Serv. de Estofaria Ltda, por R$ 1.500,00
Quevedo Produções Ltda, por R$ 5.500,00
Elio da Rosa Xavier, por R$ 12.500,00
Luis R. M. Ferrari, por R$ 6.500,00]
Mano Lima Produções Artisticas Ltda, por R$ 11.000,00

Será que está já é a primeira ação do Vice-Prefeito como recém empossado Presidente?

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

FALA CIDADÃO

"Oi Dal Mass, tudo bem?
Olha só... um amigo pediu se eu poderia te passar uma denúncia. Não sei se cabe no teu blog, mas segue: 'Foi liberada uma verba pra Corsan aumentar a rede de água na Rua Domenico Zanetti, Bairro Imigrante, e começaram a mexer na rua, cavaram, colocaram os canos e quando terminaram, a rua ficou cheia de desníveis, buracos e paralelepídeos jogados no meio da rua. Além disso, tem um córrego bem próximo onde algumas empresas de limpeza têm jogado lixo, inclusive com contaminantes. Em anexo, algumas fotos'. "Não posso te passar o nome dele porque, como todo mundo, não quer se complicar... bom, vc sabe como é...Abração! Tudo de bom!!"
Agora digo eu: enquanto isso a Prefeitura se preocupa, como hoje fez, 19/1, em correr atrás, na companhia de três(!) policiais, de um vendedor de abacaxi que caminhava pela cidade levando-os em um carrinho-de-mão, apreendendo o material. Pois é, cada um com suas prioridades!






quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

UMA JÓIA DE BENTO

A menina da foto que aparece aqui ao lado do seu pai, Heitor Spadari, é Hélen Spadari. Uma menina de 15 anos, multicampeã em maratonas para sua idade e até em disputas com jovens de idade-categoria superior à dela. Pois esta jovem quer ir ao Sul-Americano de Cross Country. Mas, para isso, precisa estar entre as quatro primeiro colocadas na maratona de Rio Claro-SP, que acontecerá no próximo mês. E por que estou colocando isso aqui? Por que quero ajudar a pedir patrocínio para ela poder ir a São Paulo, se classificar e representar não apenas o Brasil e o Rio Grande do Sul, mas principalmente nossa cidade lá e no próximo Sul-Americano. Esta verdadeira jóia do atletismo de Bento Gonçalves que, infelizmente, como tantos outros, não recebe o devido e merecido apoio para o desenvolvimento do seu potencial nato e heróico pela falta de recursos, precisa de apoio. E agora ela precisa de apenas R$ 1.000,00 (hum mil reais) para ficar em São Paulo os três dias necessários para enfrentar a competição. Então, vamos ajudar essa garota que segue os caminhos do pai e da irmão Suelen sempre no rumo do ponto mais alto do pódio a cada corrida. As contribuições podem ser de quanto quiserem, não importa. Inclusive, se alguma empresa quiser ajudar, me compromento a colocar neste meu blog, que tem em média 13.000 acessos mensais, um banner da empresa durante um ano, sem outros desembolsos. Aqueles que quiserem contribuir têm até o dia 10/2 e, para isso, podem entrar em contato comigo pelo fone 3452.10.55 ou pelo e-mail adroaldo@dalmass.com.br. Vamos ajudar essa menina a ser campeã Sul-Americana e nos encher de orgulho!



Resultados de Hélen apenas nas últimas 10 disputas que participou: **Rústica de aniversário da ACORF, Farroupilha, 6km, 28/08/2011- 1º lugar categoria 16 a 19 anos
**Campeonato Estadual Caixa de Atletismo de Mirins, Porto Alegre, 08/10/2011, 1000m rasos- 1º lugar; 1000m com obstáculos- 1º lugar(obtendo o novo recorde estadual para a prova, com o tempo de 3min36s) **1ª Rústica de Fazenda Vila Nova, 6km, 15/10/2011 – 1º lugar na categoria 18 a 21 anos **5ª Rustica da UAB, de Caxias do Sul, 6,8km, 30/10/2011- 1º lugar categoria 14 a 19 anos **Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo de Mirins, Porto Alegre, de 11 a 13 de novembro de 2011 – 1000m com obstáculos- 6º lugar (obtendo o novo recorde estadual para a prova, com o tempo de 3min e 34s) **Rústica Grêmio de São Luis, Farroupilha, 6km, 19/11/2011- 1º lugar categoria 16 a 19 anos **42k Caxias Marathon 2011, Caxias do Sul, 6km, 04/12/2011- 1º lugar categoria 14 a 19 anos **Rústica Noturna dos Presépios de Ana Rech, Caxias do Sul, 6km, 17/12/2011- 1º lugar categoria 14 a 19 anos **Rústica de São Silvestre, Carlos Barbosa, 3km, 31/12/2011- 1º lugar geral feminino **3ª Corrida Rústica de Gramado, 6,5km, 08/01/2012- 1º lugar categoria 16 a 19 anos.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

TEM PREGUIÇA TAMBÉM

Com essas fotos dá para você ver melhor do que se trata a bicharada para as praças. Eles estão depositados na Secretaria de Obras. Como se vê, tem até bicho preguiça sendo caçado por um gracioso felino. Embaixo da lona estão muito mais bichinhos...quais serão e aonde irão?



quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

POR QUE PAROU?...PAROU POR QUÊ?

Conhecendo os números parece ser fácil concluir sobre o por quê as obras da Via Del Vino terem sido paradas e seguirem a conta-gotas (só o que se vê são pequenas coisas feitas pelos próprio funcionários e máquinas do município), bem como os motivos pelos quais as obras do tal quadrilátero central (entre Marechal Deodoro, Gomes Carneiro, Barão do Rio Branco, Via Del Vino e Cândido Costa) não sai do papel. Os números revelam que dos R$ 394.200,00 que seriam recebidos da CEF para instalação da rede subterrânea, apenas R$ 10.328,04 foi liberado, e isso no dia 5/12 próximo passado. Dos R$ 789.800,00 que viriam para as melhorias do "quadrilátero", apenas R$ 14.927,22 foi recebido, e isso também no dia 5/12. E como a Prefeitura não anda lá com tanta reserva financeira neste segundo semestre de 2010, possivelmente quase nada dos R$ 787.887,87 que ela tem que desembolsar de dinheiro seu como contrapartida estiveram disponível. Então é isso que está aí. E como estes convênios são ainda de janeiro/2010, o que significa que o governo federal levou 23 meses para liberar aquela merreca de R$ 25.255,26, esperamos que não seja neste ritmo que venha o resto da liberação, porque senão é fácil fazer a conta de quantos meses levaria para liberar tudo e aprontar tudo. Se continuar com essa lentidão salve-se quem puder, teriamos um centro com obras de reforma estética por período que ultrapassaria 2012.

ATENÇÃO ENTIDADES ECOLÓGICAS

Se vocês quiserem ajuda substancial para desenvolverem projetos ecológicos tudo indica que está na hora de vocês colocarem um jornal. Está em andamento na administração municipal um pedido de R$ 350.000,00 para serem dadas algumas palestras nas escolas públicas municipais. O Conselho Municipal de Educação já teria dito não ao projeto. Mas como se sabe que outros conselhos já disseram não a outros pedidos de dinheiro e sua opinião não foi respeitada, tendo sido entregue mesmo assim, tudo indica que esta "verbinha" alguém vai dar um jeito de fazer sair, o que não seria novidade, não é? E, é claro, tendo um jornal dá para unir o útil ao agradável.

DEBANDADA GERAL

Acabo de receber algumas ligações e mensagens indignadas informando que grande parte dos funcionários da Prefeitura foram tirados do serviço, hoje a tarde, para irem "recepcionar" os novos concursados lá na Casa das Artes. Até mesmo os que ficaram trabalhando não tinham como avançar em algumas tarefas pela ausência dos colegas que foram levados àquele missão. Faço o registro a pedido e para dizer também que além da recepção coletiva de necessidade questionável, não precisava estar lá para "recebê-los" a não ser a Secretária da Administração e quiçá o Prefeito. Mas o que importa para alguns o cidadão que precisa do serviço quando acima de tudo as ações visam a capitalização política de certos momentos?

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

E CONTINUA PROMETENDO

O Prefeito Lunelli, que não deixou de continuar prometendo mesmo depois de terminada a campanha de 2008 em que foi vitorioso, veio à público nos últimos dias para continuar com suas promessas. Por escrito está no jornal semanário deste último sábado (7/1) sua afirmação neste sentido. Ao ser perguntado "como o senhor projeta 2012", sua excelência respondeu: "Me comprometo em executar tudo o que começou e todas as nossas promessas de campanha serão cumpridas". Repito a segunda parte: "todas as promessas de campanha serão cumpridas". Então me sinto da obrigação de relacionar algumas das "pequenas" coisas prometidas pelo então candidato para que os cidadãos saibam o que cobrar, já que entre as "pequenas" promessas estavam:
1)HOSPITAL PÚBLICO (não vale enganar inaugurando a UPA III, queremos um hospital!)
2)NOVO DISTRITO INDUSTRIAL (não vale comprar um terreninho!)
3)UMA INCUBADORA TECNOLÓGICA (não vale...)
4)CONSTRUIR UM CENTRO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO PARA OFERECER CURSOS PROFISSIONALIZANTES TOTALMENTE GRATUITOS PARA A POPULAÇÃO (não vale uma salinha de aula e cobrar de queme esteja lá dentro)
5)DIMINUIR NO MÍNIMO EM 50% OS CCs (não vale trocálos por centenas de estagiários e terceirizados)
6)TRANSFORMAR BENTO EM UMA CIDADE MODELO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (não vale...)
7)CONSTRUIR UM PAVILHÃO PARA TODAS AS ASSOCIAÇÕES DE RECICLADORES (não vale...)
8)CONSTRUIR UM CENTRO DE ESPORTES DE VELOCIDADE (não vale uma sala com uma pista de autorama)
9)CONSTRUIR UM MERCADO PÚBLICO EM ÁREA COBERTA ONDE OS AGRICULTORES, PRODUTORES E ARTESÃOS PODERÃO COMERCIALIZAR SEUS PRODUTOS DIRETAMENTE COM O CONSUMIDOR (não vale uma tendinha na feira livre)
10)CRIAR UM CENTRO DE REFERÊNCIA DA TERCEIRA IDADE (não vale pagar excursão)
11)FACILIDADES (?!) PARA A IMPLANTAÇÃO DE COMPUTADORES EM TODAS AS RESIDÊNCIAS (não vale wi-fi na pracinha)
12)CONSTRUIR ESCOLAS INFANTIS NO INTERIOR (não vale...)
13)INVESTIMENTOS NA DIVERSIFICAÇÃO DE CULTURAS DE PLANTIO (não vale o patrocinio do eco certo)
Termino por aqui porque com essas treze lembranças dá também para lembrar da chamada das promessas naquela época: "13 motivos para dizer sim a Bento e votar em Lunelli e Santa Lúcia". Claro que teria outras coisas para serem relacionadas como promessas que deverão ser cumpridas até dezembro/2012 conforme a nova promessa das promessas. Mas se o Prefeito Lunelli precisar de ajuda para lembrar das outras estamos aí. Afinal, conforme ele, não vamos esquecer, ein!, estará tudo pronto até dezembro/2012.

AGORA É SÓ MEIO ILEGAL?

O Jornal Semanário deste sábado (7/1) traz a informação de que o Prefeito Lunelli, agora, pretende dividir os 21% sobre o valor arrecadado da área azul, meio a meio, entre o Consepro e o CONSECOM (Conselho Municipal de Segurança). Está naquele jornal a afirmação de sua excelência: "O que pretendo sugerir é que, pelo menos, seja dividido meio a meio". Ora, mas alguns meses atrás, quando o mesmo Prefeito mandou ilegalmente suspender e editou um decreto mais ilegal ainda para suspender aquele repasse que está previsto em lei municipal, foi afirmado por ele e a procuradora geral do município que estavam fazendo tal suspensão porque tinha havido um apontamento (que ninguém viu) do Tribunal de Contas do Estado dizendo que o repasse era ilegal. Ora, se era ilegal passar o todo, como seria legal agora passar 50%? Sua excelência iria promover apenas meia ilegalidade, então? Como se disse antes e se pode afirmar agora diante de tal nova postura, tudo não passou de um projeto-tentativa de desmantelamento do Consepro. E, diante da pressão da comunidade e das autoridades de segurança pública local com aquela atitude de interromper o enviou da verba que por lei pertence ao Conssepro, o que faz o Prefeito, mais uma vez, é invetar.

O ZOOLÓGICO CHEGOU

No dia 4/11 fiz uma postagem aqui sob o título "zoológico" antecipando que o município iria colocar réplica de animais nas praças. A notícia completa está hoje no site leouve, da rádio viva. Vale a pena ler. Mas para os que acham que o que se escreve aqui é tirado da "cartola", aí está a foto da bicharada chegando, que sãos os mesmos que "desfilaram" no dia 7/9. Conforme o novo Secretário do Meio Ambiente, logo logo estarão sendo colocados nos locais escolhidos. Para o Secretário Nunes, os animais de concreto são tão perfeitos que "parecem até animais vivos". Viva sucupira!

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

AS PRÉ-TEMPORADAS EM BENTO

Notícias das pré-temporadas em Bento Gonçalves dão conta de que três delas estão iniciando, não necessariamente nesta ordem: GRÊMIO, AVAI, MINISTÉRIO PÚBLICO e POLÍCIA FEDERAL.

DIFICIL DE ENTENDER

Em setembro/2011 destruiram a linda grama de todos os canteiros centrais da Av. Nelson Carraro e da Av. Sao Roque. Mostrei aqui na época conforme a blogagem sob o titulo "destruir para reconstruir". Essas eram as fotos:



Depois de um mes colocaram mais terra deixando o canteiro côncavo. Dezenas de trabalhadores foram usados na operação. No inicio de dezembro/2011 começaram a tirar aquela mesma terra e deixaram o local por 15 dias como mostram as seguintes fotos:



Agora, faz uns 15 dias, começaram a plantar "ilhas" de flores nos mesmos canteiros. Por que será que agem assim, trocando o bonito que dá pouca manunteção por ações de alto custo de remodelação e futuras manutenções?

OPINIÃO PÚBLICA

É bastante significativo o resultado das respostas à pergunta que fiz aqui sobre os CCs, na atual administração, estarem podendo sair durante o horário de expediente para tralhar em outros locais, sem ser descontado do seu salário público qualquer centavo. O bom senso e o princípio da moralidade dos cidadãos deu a resposta: das 129 pessoas que responderam à pesquisa, 11(8%) disseram que concordam e 118(92%) disseram que não concordam que os CCs que saem durante o expediente público para trabalhar em outras atividades recebam salário integral. Como se vê, o índice de pessoas honestas e preocupadas com o bom e correto uso do dinheiro público é bem alto. Portanto, temos salvação.

ALGUÉM ACREDITA?

O Prefeito Lunelli acaba de anunciar em entrevista à rádio difusora que vai mandar fazer uma auditoria para investigar as ações do "IPURB" e da "Secretaria do Meio Ambiente", isso porque é preciso ser esclarecido, segundo ele, muitos "boatos". E essa auditoria, segundo sua excelência, seria em relação aos "últimos 10 anos" porque disse que eles primam pela "transparência". Vou vaticionar aqui sem medo de errar: primeiro, não haverá auditoria nenhuma em relação aos atos daquelas ou qualquer outra secretaria em relação ao período da administração Lunelli pelos óbvios motivos; segundo, em relação aos seus antecessores, não haverá auditoria, mas pente fino para ver se acham alguma coisa para atacá-los neste ano de 2012, durante as eleições. Até porque, se o Prefeito Lunelli estivesse preocupado com transparência já teria feito auditoria dentro do seu governo há mais tempo, eis que os "boatos" (e não tão boatos assim) são de conhecimento dele não é de hoje; e, por outro lado, em relação aos seus antecessores, teve três anos para fazer isso e não fez.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

VALOR EM PROPAGANDA EM 2011

No dia 8/11 passado, portanto, há menos de dois meses, o Prefeito Lunelli fez um aditivo contratual de R$ 400 mil no contrato de publicidade com a Insight Propaganda Ltda, elevando a verba para o ano de 2011 para o total de R$ 1.400.000,00 (postei isso aqui naquele mesmo dia). Pois não é que não iria parar por aí? Conforme mais um "ADITIVOZINHO" no apagar das luzes de 2011, sua excelência o prefeito Lunelli acaba de acrescer ao total daquele contrato a soma de R$ 150.000,00. Assim, o total do contrato de publicidade para divulgação das fantasias da cidade "mais feliz" em 2011 (não pense que isso vale para 2012, aí vai ter mais verba!), ficou em R$ 1.550.000,00 (hum milhão quinhentos e cinquenta mil reais). Ah!, mas vamos ser justos, no mesmo ato que acabou aumentando mais estes R$ 150 mil ele pediu para sumprimir R$ 4.832,00. Pena que isso e outras tantas não sai no jornalzinho da cidade mais feliz.

POR QUE AQUI SEMPRE CUSTA (BEM) MAIS?

A Prefeitura de Bento acaba de comprar uma capinadeira a fogo. O mesmo equipamento, vendido pela dona da patente, da cidade de Panambi, tem sido adquirido por diversas prefeituras. O que chama atenção, comparado com o mesmo equipamento adquirido por outras cidades, é o valor pago aqui. Uma breve pesquisa revela:

Bento Gonçalves, em dezembro/2011...R$ 94.000,00.
Campo Largo-PR, em janeiro/2012.....R$ 64.000,00.
Serafina Correa, em fevereiro/2011..R$ 69.800,00.
Palmeira das Missões, em março/2011.R$ 59.380,00.
Horizontina, em março de 2011.......R$ 59.000,00.
Santa Rosa, em setembro de 2011.....R$ 64.000,00.

Talvez haja uma boa explicação. Mas como no caso dos 4 caminhões que foram expostos alguns dias atrás como adquiridos e não se sabe aonde andam, acho que vamos ficar sem ela. Mas se vier (oficialmente, é claro), como tenho prometido aqui, repasso aos leitores-seguidores-cidadãos.

PREFEITURA PORCALHONA

Se você pensa que nesta foto os funcionários da Prefeitura estão recolhendo material da beira da rodovia estão muito enganados. No dia 29/12 passado eles, candidamente, junto a RS 470, alguns poucos metros do viaduto que nos leva à entrada da Embrapa, descarregavam terra e entulho, trazidos sabe-se lá de onde. O material ainda está lá para quem quisere ver. Que exemplo! Que eficiência! Que responsabilidade com o meio ambiente! Que lição para nosso jovens! Que colaboração com o visual da entrada de nossa cidade! Sinceramente, não há adjetivos capazes de qualificar tamanho absurdo.

SANTA LÚCIA NA CASA DAS ARTES

Acabo de receber a informação de que o Vice-Prefeito Gentil Santa Lúcia assume a Casa das Artes. Parece que este ano de 2012 promete!

TALENTO

Quem tem talendo e boa inteção dever ser prestigiado. Por isso posto aqui o trabalho de Evandro Ricardo de Souza e seu irmão, erradicados em Bento Gonçalves e que, com ele, estão concorrendo a um concurso promovido por Oswaldo Montenegro. Curta, prestigie compartilhando e torça por eles.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

DE MALAS PRONTAS

O Diretor do IPURB, Cláudio Marcelo Germiniani, com o último dia do ano, fez as malas e saiu para não voltar mais às suas atividades naquele órgão. Deixa o cargo para ser substituído não se sabe ainda por quem. Mas quem faz as malas para partir tem que as colocar em algum lugar aonde é a chegada. E esta, para ele, é nada mais nada menos do que no DAER local, aonde ocupará o cobiçado cargo de Diretor, no lugar do engenheiro Martinelli. Como se vê, os longos dias de espera pela notícia da saída dele do IPURB tinha um motivo: costura política para o novo cargo, agora, no Estado. E antes que digam que estou inventando alguma coisa, neste caso, revelo a fonte, já que ele, ao relatar-me isso, não pediu sigilo: o próprio Germiniani.