SEJA BEM-VINDO

Se você está acessando meu blog é porque quer informação, e principalmente sobre Bento Gonçalves. Então seja bem-vindo e desfrute das informações que você só encontrará aqui.







Pesquisar este blog

domingo, 29 de agosto de 2010

ISSO É COERENTE?

Se já não bastasse o PT de Bento Gonçalves ter lançado dois candidatos locais a Deputado Estadual, seus dirigentes que preenchem os mais altos cargos da administração municipal agora estão fazendo campanha para candidatos que vêm de fora da cidade. Acredito que nem a cidade e muito menos os dois abnegados candidatos locais mereciam isso. Mas vai fazer o quê! Enquanto isso, o próprio vice-prefeito (este do PPS) e hoje Candidato a Deputado Federal começa a descobrir inimigos na trincheira. Na última quinta-feira candidatos outros fizeram reunião dentro do Ginásio Municipal de Esporte, comandado por nada mais nada menos do que um companheiro partidário do vice-prefeito. O que estaria acontecendo? No mínimo esses candidatos locais mereceriam mais respeito por parte de seus companheiros.

sábado, 28 de agosto de 2010

CURIOSIDADE

Quer saber o quanto mudou a escrita no Brasil? Transcrevo abaixo um trecho do prefácio de um livro de Direito, do jurista Clóvis Bevilaqua, publicado em 1895 no Recife:
"Não foi meu intento, compondo este livro, a esquadrinhar, com arguta analyse, todos os recantos deste curioso departamento do direito privado a que foi dada a conhecida denominação de Direito das Obrigações. Nem tam pouco guiou-me o espirito a preocupação de fazer descobertas em regiões tantas vezes trilhadas pelos mais insignes mestres da jurisprudencia. Mas pareceu-me que era opportuno systematisar a theoria das obrigações, á luz das novas doutrinas de que se tem abeberado a sciencia do direito, pedindo auxilios á philosophia, á história, á paleontologia jurídica, á economia política e á legislação comparada, e metti hombros á empreza, certo de que tinha, para guiar-me, o muito que escreveram poderosos engenhos, mas convencido, apezar disso, de que ia luctar com gravissimas difficuldades. Estabelecer os principios geraes dominantes neste assumpto das obrigações, de accordo com as necessidades actuaes de nossa cultura juridica, foi o elevado escopo a que visei. Que, ao menos, me siva elle de escusa às jaças d'um livro que se não dirige aos peritos, mas exclusivamente aos cathecumenos do direito."

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

E ELES INSISTEM

Por que será que ainda tem setores da imprensa local que estão fazendo força para embaralhar a cabeça dos eleitores bentogonçalvenses, dando tom em seus comentários de que Bento tem "muito candidato" e que em sua matemática mais uma vez não daria para eleger alguém daqui. Pegam os números e distorcem e desinformam, criando um elemento eleitoral local desestimulante que tudo indica ser de propósito. Transformam seus jornais em verdadeiros panfletos. Mas que triste ver isso. A serviço de quem estariam? De candidatos de fora da cidade? De líderes empresariais-políticos a serviço de candidatos de fora? Esquecem-se certamente do seu dever para com a comunidade. E, principalmente, esquecem que há vida depois das eleições, e muita vida, e por muito tempo. E como o mundo está girando...bem, todos sabem o que isso significa. E depois serão os primeiros a ruminar e publicar o velho e verdadeiro discurso de que Bento não consegue ter força política.

SAÚDE À DERIVA

A comunidade acompanha estarrecida o grande decréscimo no atendimento público de saúde desde que a atual administração petista assumiu. Foram muitas as denúncias ao longo de muitos meses. Mas parece, ou se pode ter a certeza, que a coisa continua, apesar de aqui ter virado o paraíso da tal Fundação Araucária. Pois bem, para exemplificar, transcrevo abaixa queixa mandada por escrito para o Sr. Secretário da Saúde, por um usuário do sistema, agora no fim do mês de agosto, que fala por si:
"Manifesto através deste, minha insatisfação quanto ao atendimento no Pronto Atendimento 24hs. No dia de ontem (...) procurei atendimento para minha filha (...) que está com uma gripe forte e prováveis complicações inerentes como febre alta e outros sintomas comuns. chegamos ao local à 9 horas e 15 minutos, cerca de uma hora após, foi chamada para triagem, retornando à sala de origem, onde permanecemos até às 14 horas, quando desistimos e fomos embora. Durante o tempo em que permanecemos aguardando a chamada para consulta, sem a menor explicação pela demora, exceto quanto alguém se dirigia à recepção e a resposta era de que haviam muita gente e que o atendimento estava atrasado, acrescentando, em uma, duas, três, quatro e cinco horas, conforme o tempo estava passando. Enquanto estivemos lá, observamos outras pessoas passando pela mesma situação, inclusive crianças bem pequenas e pessoas com idade bem avançada. é inadmissível que em uma cidade como Bento Gonçalves, com a qualidade de vida que é divulgada, ainda trate a saúde dessa forma. As pessoas sendo tratadas com descaso, como se estivessem mendigando favores, quando sabemos que saúde é um direito de todos. É importante salientar que o atendimento médico (a consulta) é realizado de forma correta, o problema todo é até chegarmos ao consultório, o que se conclui que o problema está no gerenciamento. Também percebi que as mesmas pessoas eram chamadas várias vezes em momentos diferentes, demonstrando desorganização no atendimento. Com base no que relato e na sua preocupação amplamente divulgada na mídia, aguardo uma atenção maior este setor tão indispensável e procurado pela população de Bento Gonçalves. Um grande abraço." (omiti o nome da criança e omito o nome do remetente da queixa ao Senhor Secretário pelos motivos óbvios)
E tem gente que se tornou parte da imprensa oficialista que recentemente chamou o atendimento da saúde em Bento de "Vip"!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

PESQUISA INEXISTENTE = INFRAÇÃO ELEITORAL

Quero lembrar a alguns candidatos que é proibido falar e divulgar sobre dados de pesquisa não registrada na Justiça Eleitoral. Tem candidato insistindo em falar que "uma pesquisa" lhe daria determinado percentual (bastante elevado, é claro) de votos na cidade sem que tenha havido o preenchimento dos requisitos legais para tal conduta, o que a torna uma pesquisa fantasma e ilegal. A multa é pesada por ser um comportamento proibido pela lei, além, é claro, de ser antiético.

VALE DOS VINHEDOS

Depois da triste polêmica de alguns meses atrás relativo a lei municipal dando permissão de construção de loteamentos populares em parte do Vale dos Vinhedos, está em andamento tentativa de tornar realidade o que provocou a revolta da grande maioria que acompanhou o assunto. Como havíamos alertado, o silêncio do Executivo era proposital apenas como embrião para planejar o próximo passo. O Prefeito prometeu ajuizar ação de inconstitucionalidade contra a lei municipal, porém, nada fez. Enquanto isso o Ipurb procura agora meios para aprovar uma meia-sola de loteamento popular. Cuidado Vale dos Vinhedos. Quando vocês se derem conta vai ser tarde demais. Lembrem-se o que diz o ditado: depois da porta arrombada não adianta mais a tranca de ferro.

CRIATÓRIO DE MARAJÁS

Prometi há alguns dias que iria dizer aqui como em Bento estão promovenda um criatório de marajás, num verdadeiro trenzinho da alegria. Pois na segunda-feira que vem você lerá aqui sobre isso. E se prepare, você não vai acreditar.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

A IMPLOSÃO DA MENTIRA

Com o poema a seguir externo o que penso de todos aqueles que durante meses venderam à cidade a mensagem do voto consciente por Bento Gonçalves, alardeando o quanto ela precisa de um representante parlamentar que seja daqui, que conheça e se preocupe com ela, e agora, durante as eleições, de forma velada ou revelada, estão fazendo campanha e contribuindo com candidatos a deputado estadual e federal que nenhuma ou praticamente nenhuma ligação ou conquisitas tiveram ou têm a favor de nossa cidade.

Mentiram-me.Mentiram-me ontem
e hoje mentem novamente.Mentem
de corpo e alma, completamente.
E mentem de maneira tão pungente
que acho que mentem sinceramente.

Mentem, sobretudo, impune/mente.
Não mentem tristes.Alegremente
mentem. Mentem tão nacional/mente
que acham que mentindo história afora
vão enganar a morte eterna/mente.

Mentem.Mentem e calam. Mas suas frases
falam. E desfilam de tal modo nuas
que mesmo um cego pode ver
a verdade em trapos pelas ruas.

Sei que a verdade é difícil
e para alguns é cara e escura.
Mas não se chega à verdade
pela mentira, nem à democracia
pela ditadura.

Evidente/mente a crer
nos que me mentem
uma flor nasceu em Hiroshima
e em Auschwitz havia um circo
permanente.

Mentem. Mentem caricatural-
mente.
Mentem como a careca
mente ao pente,
mentem como a dentadura
mente ao dente,
mentem como a carroça
à besta em frente,
mentem como a doença
ao doente,
mentem clara/mente
como o espelho transparente.
Mentem deslavadamente,
como nenhuma lavadeira mente
ao ver a nódoa sobre o linho.Mentem
com a cara limpa e nas mãos
o sangue quente.Mentem
ardente/mente como um doente
em seus instantes de febre.Mentem
fabulosa/mente como o caçador que quer passar
gato por lebre.E nessa trilha de mentiras
a caça é que caça o caçador
com a armadilha.
E assim cada qual
mente industrial? mente,
mente partidária? mente,
mente incivil? mente,
mente tropical?mente,
mente incontinente?mente,
mente hereditária?mente,
mente, mente, mente.
E de tanto mentir tão brava/mente
constróem um país
de mentira
-diária/mente.

Mentem no passado. E no presente
passam a mentira a limpo. E no futuro
mentem novamente.
Mentem fazendo o sol girar
em torno à terra medieval/mente.
Por isto, desta vez, não é Galileu
quem mente.
mas o tribunal que o julga
herege/mente.
Mentem como se Colombo partin-
do do Ocidente para o Oriente
pudesse descobrir de mentira
um continente.

Mentem desde cabral, em calmaria,
viajando pelo avesso, iludindo a corrente
em curso, transformando a história do país
num acidente de percuso.

Tanta mentira assim industriada
me faz partir para o deserto
penitente/mente, ou me exilar
com Mozart musical/mente em harpas
e oboés, como um solista vegetal
que absorve a vida indiferente.

Penso nos animais que nunca mentem.
mesmo se têm um caçador à sua frente.
Penso nos pássaros
cuja verdade do canto nos toca
matinalmente.
Penso nas flores
cuja verdade das cores escorre no mel
silvestremente.
Penso no sol que morre diariamente
jorrando luz, embora
tenha a noite pela frente.

Página branca onde escrevo. Único espaço
de verdade que me resta. Onde transcrevo
o arroubo, a esperança, e onde tarde
ou cedo deposito meu espanto e medo.
Para tanta mentira só mesmo um poema
explosivo-conotativo
onde o advérbio e o adjetivo não mentem
ao substantivo
e a rima rebenta a frase
numa explosão da verdade.

E a mentira repulsiva
se não explode pra fora
pra dentro explode
implosiva.
(Affonso Romano de Sant'Anna)

CCs EM COMITÊ ELEITORAL?

Recebi informação de que alguns CCs do Executivo e mesmo do Legislativo municipal estariam trabalhando em pelo menos um comitê eleitoral o horário de expediente. Difícil de acreditar e não quero acreditar. Mas como muita coisa difícil de acreditar está acontecendo em Bento há alguns meses, não me surpreenderia se a informação fosse verdadeira. Até porque, em termos eleitorais, as informações que tenho recebido têm se confirmado. Uma delas dizia respeito a pedido de votos via eletrônica dentro da prefeitura, via e-mail internos, saídos do próprio gabinete do Prefeito Lunelli e espalhados pelas secretarias. E não é preciso dizer que neste caso o pedido contemplava candidato ligado à administração pública, o que fica, no mínimo, mais constrangedor ainda. Vamos ver até onde tudo isso vai dar.

PASSEATA DE CCs?

Amanhã, quarta-feira, 25/8, teremos a honra de ver a Governadora Yeda Crusius em Bento Gonçalves. Ela almoça na Vinícola Salton como governadora e terá encontro partidário como candidata à reeleição. Na programação eleitoral, segundo algumas informações, a governadora iria participar de uma carreata logo no início da tarde. Até aí tudo bem e tudo certo. O que não deverá estar certo é se a informação que recebi se confirmar: que os CCs da Prefeitura teriam sido convidados ou convocados a participar do ato eleitoral em função de que o candidato a vice-governador é do PPS, partido do vice-prefeito. E, acrescente-se: o "convite" seria pelo menos aos CCs ligados-indicados por tal partido. Como a passeata está prevista para o horário de serviço, como isso seria possível? Não é. Resta saber se isso se confirmará. Os olheiros e fotógrafos de plantão certamente vão saber dizer.

domingo, 22 de agosto de 2010

SORRATEIRAMENTE CONTRA

Como é triste ficar sabendo que tem "lideranças" locais fazendo encontros fechados com candidatos a deputado que nem sabem aonde fica Bento Gonçalves, nunca estiveram aqui e, certamente, nunca estarão de novo a não ser nas vésperas de uma próxima eleição. Como é triste ver gente de nossa comunidade trazendo forasteiros candidatos para prometer o que nunca cumpriram e nunca vão cumprir, como já demonstraram no passado recente. Como é triste ver as mesmas "lideranças" que vociferavam que Bento precisaria ter sua própria representação parlamentar, saída daqui, fazendo campanha, à boca pequena, contra os candidatos locais. E, por último aqui, mas não finalmente, como é triste e lamentável ver que tem empresas fechando suas portas para os candidatos locais. Triste, muito triste. Depois, quando não conseguem as coisas que dependem de força política, como nunca conseguem, querem ficar se queixando da falta de representação política-parlamentar de nossa cidade. Triste, muito triste, e isso para dizer apenas o mínimo.

DE NOVO O LIXO

O Jornal Serra Nostra mais uma vez marca um gol. A reportagem desta última sexta-feira bem demonstra o quanto a questão "lixo" na atual administração é tratada. Desta vez, como fica revelado, tiraram o material descartado de um lugar para amontoar num outro, a céu aberto. Isso é solução? Não, claro que não. Mas o que importam as soluções quanto os objetivos são outros. Falando nisso, não está correta a informação sobre a evolução dos gastos com o lixo. Como já falamos aqui, a atual administração está gastando o dobro do que era gasto no último mês na anterior. Inexplicavelmente, é claro, já que a quantidade de lixo recolhida é a mesma. Mas esses números ainda traremos aqui com datas de contratos, valores, quantidade de recolhimento, etc, ou seja, com riqueza de detalhes. Só estamos esperando a administração pública atender nosso pedido, feito há vários dias, de fornecimento dos documentos. Vamos ver se são transparentes mesmo e nos entregam. Aliás, estão demorando tanto para entregar os documentos que já está dando tempo de bolar uma explicação para o aparentemente inexplicável. Aguardemos também por isso.

RUA ABANDONADA

Não é de hoje é verdade. Já faz muito tempo é verdade. Mas o que não pode ser verdade é que mais uma vez uma promessa eleitoral seja descumprida. Pois assim se sentem os moradores da Rua Bernardo Ancescki, 565, que liga a Rua Leonardo Copat e a Rua Plauto de Abreu, no bairro Santo Antão. E a promessa descumprida é a inexistência do calçamento. Parece incrível que uma rua deste bairro, com o comprimento de uma única quadra ainda esteja assim. A contagem dos moradores na atual administração já está em 1 ano e 8 meses sem a necessária obra. Se esta quiser mesmo ser um mínimo diferente das demais, que faça o que precisa ser feito de uma vez.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

CORNETA PRECIPITADA

Tem gente se precipitando em Bento. E gente que deveria ter uma visão mais ampla do quadro político e da necessidade-possibilidade de Bento Gonçalves, nestas eleições, eleger um Deputado, seja Federa, seja Estadual. É muito cedo para "corneta". E mais, é inconveniente que a corneta seja levado ao nível de desmotivação da população, principalmente quando vem de pessoas estudadas e que têm até a missão e dever profissional de levar às pessoas coisas a conhecer e a discutir com seriedade. Mas vai fazer o que, a sociedade é assim mesmo, formada também de gente que parece uma coisa e na primeira oportunidade de se dar bem se revela outra. Ainda bem que são a minoria. E, como sempre, a longo prazo vão quebrar a cara. É só esperar para ver. Bento precisa, Bento quer e Bento pode eleger seu deputado desta vez, mesmo que os corneteiros e oportunistas de plantão estejam torcendo para isso não acontecer.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

CARTA DO BOBO PARA DAL MASS

Caro Dal Mass:
Percebi que vinhas escrevendo sobre a minha presença na corte. Primeiro foi no jornal local; depois no seu blog. Quero lhe agradecer tanta consideração. Vi que o senhor captou meus pensamentos, minhas frustrações, minha angústia. Tendo frequentado o reino como frequento desde seu início, não é fácil ver o que vejo e ouvir o que ouço. Tem horas que já não sei mais quem eu sou, se o bobo ou o rei dos bobos. É tanta bobagem que venho assistindo que tem vezes que acho que querem o meu lugar. E tem horas, inclusive, que gostaria de entregar o meu lugar. Mas o meu lugar é o meu lugar e de mais ninguém. O máximo que posso é admitir compartilhar o mesmo lugar com alguém que queira dividi-lo comigo. Afinal, sempre tem lugar para mais um bobo em qualquer reinado. A prova é o que vejo de muitos escritos por aí. Sabe, Dal Mass, quando leio o que a maioria está escrevendo e comparo com o que sei fico imaginando que existem dois reinos: um, o da ficção; o outro, da realidade. Mas deixe estar. Como diz o ditado, o tempo é o senhor da razão. Só fico imaginando quanto tempo vai levar para que todos saibam o que eu sei. Então o senhor poderia me perguntar: mas bobo, afinal, se estás triste aonde estás, se podes revelar o que sabes por ouvir e ver, por que não deixas o reino e promoves a queda da Bastilha? Se me fizesses essa pergunta, Dal Mass, eu só teria por agora uma resposta: eu não sou bobo! Se eu saísse e fizesse qualquer coisa saberiam quem eu sou; se soubessem quem eu sou, por eu ser o bobo, logo achariam um outro para colocar no meu lugar e, o que é pior, ninguém me daria ouvidos, principalmente quem deveria dar. Então, vamos fazer o seguinte: eu vou continuar de olho e armazenando minhas informações, e quando chegar o momento mais propício, deixarei a corte, anunciarei o fim da minha carreira de bobo e torcerei para quem estiver me ouvido não querer o meu lugar de bobo. Um forte abraço do por ora e de sempre bobo.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

UMA PIADA CHAMADA TRANSPARÊNCIA

Com pompas e festejos a administração municipal colocou na internet o "Portal da Transparência" de Bento, o que, diga-se de passagem, foi uma exigência legal. Pois o Portal da Transparência de Bento Gonçalves é uma verdadeira brincadeira, um verdadeiro deboche com o cidadão. É que você pode pedir a informação que quiser sobre despesas que a tela é sempre a mesma, não saindo o que mais interessa para qualquer cidadão: o gasto com os fornecedores. Por outro lado, quando diz respeito a saber sobre a receita, a coisa fica ainda pior: você pode cliclar o quanto quiser sobre o ícone "receita" que não sai nada, nadica de nada. Então que portal é esse? Que transparência é essa? É de propósito ou não sabem como fazer? Acho que está na hora do Tribunal de Contas dar uma olhada neste Portal já que, tudo indica, não cumpre o objetivo da lei. Aliás, objetivo algum, a não ser o de não fornecer informações.

E O BOBO?

Ele está às voltas de novo. E, ao ficar sabendo de mais alguns assuntos, decisões e contratos em andamento, ficou ainda mais abobalhado, se é que isso é possível num legítimo bobo. Inconformado, me deixou uma carta. Acho que vou publicá-la aqui nos próximos dias. Afinal, a indignação do bobo, que vem demonstrando todo seu potencial de percepção há muitos meses, não pode ficar sem revelação. Ele tem se demonstrado um sábio, e um sábio merece ser ouvido por muitos.

PENSAMENTO DO DIA

"No completo e verdadeiro medíocre a cabeça só serve de adorno" (José Ingenieros). Ah!, diria eu, e como tem gente desfilando esse adorno por aí.

MANDA AVISAR

Alguém que mande na Prefeitura tem que avisar o pessoal que viatura e funcionários não podem estar a serviço de assuntos particulares, muito menos em horário de expediente, mesmo que o beneficiário seja do alto escalão. Mas tem gente que mesmo sabendo ou mesmo avisada não aprende. Até porque, as pessoas do alto escalão tem o dever de dar o exemplo. Em tempo: alto escalão para mim vai até o cargo de Diretor de Secretaria.

DISCÓRDIA EM ANDAMENTO

Se com todas as peças afinadas já é complicado, imagina com desacertos internos. Não se sabe as exatas razões ainda, mas os petistas começaram a se livrar dos pepessebistas (não sei se é assim que se chamam, mas me refiro ao partido do Vice, o PPS). Na semana passada algumas demissões atingiram as indicações deste partido que já se sentia com cargos a menos do que o combinado antes da eleição municipal. Com certeza o ato não é para diminuir os CCs e a folha de pagamento, já que a contagem das dispensas não contam os dedos de uma mão (pelo menos por enquanto). Talvez tenha a ver com as últimas e acentuadas discussões entre o Prefeito Lunelli e o Vice Santalúcia que não estão numa boa faz horas. Terá a eleição em andamento alguma coisa a ver com essa discórdia que está levando de lado a lado à acusações perigosas para todos?

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

PERTO DO AVISO DE ALERTA

No dia 9 passado postei aqui os valores gastos nos anos de 2007, 2008 e 2009 com pessoal pela Prefeitura de Bento para que fossem feitas as devidas comparações. Mas esqueci de colocar o que significavam os gastos em percentuais sobre a Receita Corrente Liquida do município. Pois lá vai: em 2007 o gasto correspondeu a 47,12% da receita líquida; em 2008 a 44,65%; e, em 2009 (primeiro ano petista), a 46,28%. Então, seria bom o pessoal colocar as barbas de molho, como diz o ditado, pois o aumento com gasto com pessoal está chegando bem próximo ao limite para a "emissão de alerta" previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo a lei, o aviso de alerta será emitido aos gestores municipais quando o gasto com pessoal chegar a 48,60% da receita corrente líquida. Ou seja, para o município ser alertado em relação a tal gasto faltam apenas 2,32%. E, do jeito que andam as coisas, não adianta, para evitar o pior, demitir apenas dois ou três cargos de confiança do PPS, até porque assim apenas vai parecer, como está parecendo, perseguição ao pessoal do partido do vice.

EDITORIAL REVELADOR

Além do Jornal Serra Nostra dar uma demonstração de alta capacidade, eficiência e isenção jornalística nesta edição do dia 13/8, o que de resto parece estar sendo uma praxe já de algum bom tempo, o seu editorial na página dois é um primor e um verdadeiro e esperado grito de independência. Aliás, as entrelinhas revelam muito mais do que as linhas, já que para bom entendendor meia palavra basta, quanto mais quando é lembrado o período ditatorial deste país. Vale a pena conferir e, principalmente, tentar enteder a mensagem e seu alvo. Com isso quem ganha é a comunidade e a cidadania.

FALTA DE ARRECADAÇÃO?

Depois do anúncio, na semana passada, pelo Sr. Secretário da Fazenda, de que a arrecadação vem caindo, mais uma vez a palavra "arrecadação" aparece na boca de um secretário Municipal. Desta vez, na do Dr. Zandoná, Secretário da Saúde. Lendo a excelente reportagem do Jornal Serra Nostra deste dia 13/08 sobre a insuficiência do atendimento fisioterápico aos deficientes físicos, se encontra a seguinte explicação daquele secretário: "A minha intenção é ajudá-los. Vamos ver como vai ser a arrecadação nos próximos meses. Se tiver condições colocaremos mais um profissional". Pois é, agora o problema é a arrecadação, embora a atual administração tenha assumido apenas há 17 meses com sobra de caixa de vários milhões de reais. Pois quando muitos do primeiro escalão municipal começam a justificar certas deficiências do serviço público pela variante do caixa o que se pode concluir é que o problema está começando a ficar sério. Então, quem sabe se para de gastar com coisas menos sérias do que a recuperação da saúde.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

DIMINUIÇÃO DA ARRECADAÇÃO

No mínimo preocupante a informação dada pelo Sr. Secretário da Fazenda, Miguel Baumgartner, sobre a diminuição da arrecadação, embora não tenha revelado os números de acordo com a reportagem do Jornal Semanário deste último sábado. E deve preocupar ainda mais quando se vê que algumas despesas vêm aumentando quando deveriam ter diminuído, exemplo do gasto com recolhimento de lixo e do gasto com pessoal. Mas a gravidade só vamos saber mesmo quando algum número sobre a arrecadação deste ano for apresentado.

NA CONTRAMÃO

Algumas pessoas que se sentem líderes (ou querem ser ou se dizem líderes) de nossa cidade começam a andar na contramão do momento histório em que Bento Gonçalves vive nesta eleição de 2010. Incrivelmente começam a dar atenção, guarida e apoio a candidatos à Deputado Federal e Deputado Estadual que procuram a reeleição e que NUNCA FIZERAM NADA POR BENTO. E os que eventualmente fizeram, nada mais foi do que nos dar migalhas, verdadeiros restos, sobras que sempre estiveram longe do que nossa cidade merece. É uma pena porque esses mesmos líderes, que na realidade se mostram cada vez mais pseudo líderes, passadas as eleições são os primeiros a se queixar da falta disso e daquilo. Mas não há de ser nada: a maioria já está convencida de que Bento precisa, pode e vai ter seu próprio Deputado Estadual e Federal. E, depois que isso acontecer, o que falta menos de dois meses, vamos ver em que cadeira aquelas pessoas vão querer sentar e em que muro vão querer se lamentar. Fique de olho, anote, fotografe e repreenda cada um deles porque o futuro está logo aí na frente.

TERRORISMO DESQUALIFICADO

Está circulando via mensagens de e-mail uma lamentável montagem com fotos do Prefeito Lunelli e de João Pizzio, este último lider da comissão de emancipação de Pinto Bandeira. O objetivo parece ser uma crítica aos dois em função de suas posições envolvendo o episódio já tão conhecido por todos em relação aquela que seria a perda distrito por parte de Bento Gonçalves. Não é assim que se deve agir. O material é ignóbil, vil e sob nenhum aspecto defensável. Se alguém tem críticas a posturas administrativas e políticas, seja em relação ao que for e seja em relação a qual homem público for, essa maneira sórdida de baixo nível como é o caso do material que está circulando em relação àquelas duas pessoas não se justifica. Lamentável. O que se espera é que seja descoberto quem montou e deu origem à veiculação do material para a devida punição.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

GASTOS COM PESSOAL: NÚMEROS OFICIAIS

No fim do ano passado os números dos gastos com pessoal da Prefeitura de Bento referente ao ano de 2009 tinham estranhamente sumido da página do TCE (Tribunal de Contas do Estado). Mas eles voltaram e, com eles, se pode confirmar a elevação dos gastos em relação ao ano de 2008. E o aumento do gasto não é pouco: são R$ 6.181.910,00 (seis milhões cento e oitenta e um mil novecentos e dez reais). Quer conferir, aí vão os números:

2007: R$ 54.274.418,98
2008: R$ 60.231.028,71
2009: R$ 66.412.938,25
Ou seja, para quem havia dito que iria cortar gastos com a folha de pagamento, parece que também nisso a realidade passou longe do prometido, pelo menos em 2009. Talvez tenha algum motivo plausível para esse substancial aumento, mas ele, como tantas outras coisas, não é revelado. Vamos ver o que nos revelarão os números quando o fim de 2010 chegar!

domingo, 8 de agosto de 2010

MAIS UMA DO LIXO: O FIM DAS LIXEIRAS

É no mínimo espantosa a revelação que o Jornal Semanário deste último sábado, 7/8, faz ao entrevistar o Secretário Municipal do Meio Ambiente. Diante da queixa dos moradores do Loteamento Eucaliptos de que teriam sido retiradas as lixeiras da beira da rodovia por aquela Secretaria, com o que o lixo acaba sendo colocado no chão e consequentemente o local acabou se tornando uma imundicie geral até pela ação dos cachorros fuçando no lixo, a cidade acaba por ficar sabendo que a Secretaria vai tirar todas as lixeiras da cidade. A informação do Secretário, segundo a reportagem, foi a seguinte: "Na verdade estamos retirando TODAS AS LIXEIRAS DE TODOS OS BAIRROS do município, assim que concluído esse processo a legislação municipal passará por modificações em relação a forma que é executado o procedimento de coleta de lixo, identificamos ser necessário a retirada dos cestos porque percebemos que enquanto havia lixeiras as pessoas continuavam colocando lixo sem separação seletiva, mesmo que não houvesse mais espaço". Mas será que essa gente enlouqueceu???? Vão tirar TODAS AS LIXEIRAS DA CIDADE???? Quem é o gurú e o que está por trás disso? Afinal, não é possível que Bento Gonçalves vai se tornar a única cidade do planeta sem lixeiras!!!! Mas o que mais espanta é o motivo ilógico que segundo o Secretário levará a tal medida, que vale a pena repetir de tão absurdo: "indentificamos ser necessário a retirada dos cestos porque percebemos que enquanto havia lixeiras as pessoas continuavam colocando lixo sem separação seletiva, mesmo que não houvesse mais espaço". Quer dizer então que ao invés de aumentar o número de lixeiras ou torná-las maior para atender a real necessidade a solução é retirar TODAS AS LIXEIRAS DA CIDADE? Mas vocês estão com a cabeça aonde? Duvido que isso seja colocado em prática. Mas se for, não tenho dúvidas de que há mais por trás disso do que a vã filosofia pode explicar. Algo assim como a justificativa que deram para rescindir os contratos de recolhimento de lixo nos primeiros dias do atual governo, que seria para poupar 30%, equanto que, hoje, na realidade, como pelo menos alguns já sabem, já estão gastando o dobro do que era gasto antes do início da administração Lunelli. Então, aguardemos para ver aonde mais essa inacreditável idéia-medida vai dar e o que ela vai ainda revelar.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

IDÉIA ESTAPAFÚRDIA

O Senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) apresentou o projeto e o Senado aprovou a proibição de que o proprietário de um box de garagem em um condomínio possa alugá-lo ou vendê-lo para alguém que já não seja parte do condomínio. O nosso eterno Senador gaúcho, Pedro Simon, relator do projeto, acredita que colocando no texto a possibilidade dos condomínios decidirem em suas convenções sobre se querem ou não tal proibição resolveria qualquer impasse. O motivo da nova lei seria a segurança, já que vender ou alugar para um "estranho" ao prédio seria perigoso. Está aí o exemplo de uma idéia esdrúxula. Isso simplesmente porque ela não contempla a realidade, apenas criando mais um motivo de desavenças e prejuízo, além de seu objetivo ser de duvidosa eficiência. Ora, alguns questionamentos devem ser feitos: primeiro, quando alguém adquire ou aluga um apartamento passa a conviver com pessoas que não conhece e, portanto, não sabe se entre elas está em segurança; segundo, quando as pessoas passam a adquirir apartamento não o fazem por conhecer os moradores, o que significa que são estranhos entre estranhos que se reunem e, talvez, só talvez, depois passarão a se conhecer, e mesmo assim isso não significa ter segurança; terceiro, quem disse que vender ou alugar um apartamento é potencialmente falando menos perigoso do que alugar ou vender um box; e, quarto, por óbvio quem adquire ou aluga um box de garagem passa a ser conhecido do condomínio e ter seu direitos e obrigações como no caso de compra ou aluguel de apartamento, então, comprar ou alugar um box dá exatamente na mesma, em relação à futura vigilância e convivência, do que a presença de um novo proprietário ou inquilino de um apartamento. Ou seja, vender e alugar garagens tem, em tese, o mesmo potencial de risco desses tipos de operação negocial com apartamentos, proprietários ou inquilinos. Então, o que se tem aí, com esta proposta, é na realidade uma medida que apenas vai aumentar as confusões entre os condôminos (pela discussão se o condomínio deve colocar em sua convenção ou não a proibição que será prevista em lei) e o prejuízo financeiro inegável pela perda de valor que tais imóveis (box). Aliás, imaginem quando um box de garagem fizer parte da mesma unidade imobiliária (sem matrícula distinta) do apartamento. Como o box, neste caso, vai junto com a locação ou venda do apartamento, não vai poder ser vendido ou alugado também o apartamento senão para alguém do prédio? Triste e infeliz idéia. Mas para ver quanto é infeliz, um último questionamento se faria necessário: e se ninguém do prédio tiver interesse em alugar ou dinheiro para comprar o box, o proprietário vai fazer o que com ele? Plantar flor?

18 MESES DEPOIS E MUITO A EXPLICAR

Depois dos primeiros 18 meses da administração petista de Roberto Lunelli, muitas coisas pendem de explicação à comunidade. Listemos aqui algumas que ou estão na promessa de explicar ou nem promessa tem:

1) O caso do superfaturamento na Licitação das Máquinas: no fim do primeiro ano de governo (2009) foi noticiado o cancelamento da licitação e rescisão do contrato de aquisição de um pouco mais de R$ 3.000.000,00 (três milhões de reais) em máquinas (patrola, tratores, etc). A descoberta do superfaturamento e iniciativa de cancelamento foi do então Sr. Ssecretário da Fazenda. Prometeram que haveria uma sindicância para apurar responsabilidades. Até agora nada!

2) O caso dos abastecimentos suspeitos: o novo governo implantou o sistema de abastecimento dos veículos via cartão de crédito, portado por diversos funcionários que andam por aí com eles. Depois de divulgado aqui que nem mesmo avião a jato faria tanta quilometragem para tantos abastecimentos sucessivos com intervalos de poucos minutos, alguns comentaram que haveria investigação por sindicância. Até agora também nada!

3) O caso do valor do contrato do lixo: a atual administração revogou contratos justificando que reduziria em 30% o gasto municipal com coleta, transporte e depósito do lixo. O contrato atual contempla um gasto mensal equivalente ao dobro do que era gasto na antiga administração, e isso, posso afirmar, para a mesma quantidade prevista a ser colhida. Explicações para isso, nada!

4)O caso dos TAC: a atual administração ofereceu para alguns a possibilidade de obter alvará de funcionamento mesmo que o obra fosse ilegal e mesmo que contruída já no período da atual admnistração. Para isso ofereceram um tal de TAC (termo de ajustamento de conduta) administrativo onde foi solicitado doações para tanto. O que ainda não está explicado é por que outros não tiveram o mesmo benefício (mesmo que relativo a obras antigas) e se para alguns tal benefício continua sendo concedido.

5)O caso do "sumiço" dos pneus: foi descoberto e só depois confirmado pela administração municipal que "sumiu" uma quantidade considerável de pneus do interior da Secretaria dos Transportes (hoje chamada de Mobilidade Urbana), fato que teria ocorrido sem a necessidade de arrombamento da porta que trancada guardava o material. Até agora nada!

E não pense que seriam só esses os assuntos a serem cobras e que a comunidade mereceria a devida explicação, em especial porque a maioria envolve o desembolso de dinheiro público. Tem mais, muito mais, mas para ninguém passar mal, vamos aos pouquinhos. Enquanto isso, acompanhemos e aguardemos. Um dia as explicações, por bem ou por mal, terão que ser dadas.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

SERIA MAIS FÁCIL

Tem gente que não gosta do que lê aqui. É simples: é só não ler. Mas alguns têm que ler porque sabem que o que tenho escrito aqui diz respeito à vida da comunidade e, portanto, de alguns comportamentos inexplicáveis dos que por dever têm que zelar por ela. Pois é, seria bem mais fácil se todos conhecessem e estivessem dispostos a tornar realidade a máxima de Santo Agostinho, o filósofo-santo, que acretido ter resumido com maestria a excência da vida: "Faz o bem e evita o mal".

terça-feira, 3 de agosto de 2010

QUE FEIO!

Não sei se ainda continua, mas há alguns dias o e-mail do gabinete do Prefeito Lunelli foi usado para mandar várias mansagens para várias secretarias e funcionários para pedir apoio eleitoral, ou seja, voto, a um candidato ligado à administração pública. Que feio pessoal. Além de ser conduta expressamente proibida pela lei eleitoral, eticamente é muito feio tal comportamento. Além do que os aparatos eletrônicos (e todos os outros, é claro) da prefeitura, devem estar a serviço exclusivo da atividade pública e não particular. Quem sabe uma hora dessas os responsáveis aprendam a respeitar o bem público e as regras do jogo.

COMO É QUE A DESPESA DOBROU?

Você sabia que a despesa com o recolhimento, transporte e depósito do lixo de Bento Gonçalves, com apenas um ano e meio da atual administração, simplesmente dobro? isso mesmo, o dobrou!Pois é, há alguns dias o Prefeito assinou contrato com a vencedora da licitação no valor de R$ 434.000,00 mensais. E olha que no primeiro mês da administração petista a atual administração disse que estava rescindindo os contratos da administração anterior para "economizar". Vou divulgar aqui, nos próximos dias, as valores dos contratos, a quantidade de lixo contratada a ser recolhida e o valor da tonelagem. Com os números você vai poder entender o quanto eles são inexplicáveis. Mas se alguém tiver uma explicação, depois dos dados que revelarei revelaria aqui (ou até antes disso, quem sabe)ouviremos e divulgaremos com prazer. Até lá só há uma conclusão: tem muita coisa a ser explicada em relação ao expressivo aumento com o gasto com tal verba.

domingo, 1 de agosto de 2010

PINTO BANDEIRA E O PREFEITO LUNELLI

Tem gente reclamando da postura do Prefeito de Bento Gonçalves, Roberto Lunelli, no epísódio emancipação de Pinto Bandeira, que consideram o silêncio do mandatário sobre a situação uma omissão lamentável. Para os que reclamam mais veementemente, acham até que o silêncio revela um comportamento que fere o juramento que fez ao assumir o cargo, qual seja, zelar pelos interesses "do município". Ao contrário destes todos, acho que o Prefeito não esteve tão silencioso assim, pelo menos nos bastidores. Basta ver que um dos políticos que estiveram mais à frente da interferência política para a emancipação é o Deputado Federal Paulo Pimenta, exatamente o petista companheiro partidário do Prefeito. Aliás, vendo a matéria da Zero Hora deste dia 1/8, para quem o Prefeito Lunelli teria afirmado que "queremos que Pinto Bandeira cresça e seja forte no contexto da serra gaúcha", o que parece bem claro é que seu silêncio não foi tão silencioso, pelo menos nos bastidores. Parece que o Prefeito de Bento não está muito preocupado em perder 1/3 do território do município, quanto mais a receita respectiva. Talvez da próxima vez fosse melhor Lunelli se candidatar a Prefeito de Pinto Bandeira. Aliás, se tivesse tão preocupado com o crescimento de Pinto Bandeira, quem sabe poderia ter feito investimentos lá até este quase final de segundo mandato. Agora é que não vai fazer, ou agora é que vai?